Archipo.Wilson. Tecnologia do Blogger.

domingo, dezembro 23, 2007

3G chega ao AM até junho de 2008


Cláudia do Valle
Da equipe de A CRÍTICA
Se depender da velocidade do mercado de telecomunicações e da expectativa dos clientes, em menos de seis meses, segundo analistas, as operadoras Vivo, Tim, Oi e Claro (a estrear no Amazonas) estarão na terceira geração da telefonia móvel (3G), com tecnologia, redes e serviços novos para quem espera fazer mais do que ligações de um celular na Região Norte.

Na última semana, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) licitou as novas faixas para implantação da terceira era, na qual usuários de todo o Brasil terão acesso a maior velocidade no tráfego de dados pelo telefone e serviços de banda larga móvel, como TV de alta qualidade, jogos tridimensionais e downloads de músicas completas quase 20 vezes mais rápido do que o atual. Entre as novidades estão ainda os serviços de localização, videochamada, com transmissão de áudio e imagem, e jogos multiplayer em tempo real.

O Amazonas terá a cobertura das quatro operadoras, que ganharam o lote que cobre a Grande São Paulo, Amapá, Pará, Maranhão e Roraima. Para especialistas do mercado, haverá maior concorrência entre as empresas para estruturar melhor suas redes e oferecer uma gama mais ampla de produtos e pacotes de transmissão de dados mais velozes, aliando grandes volumes de informações a custos acessíveis. Hoje, mais de 260 operadoras no mundo já fazem uso do 3G.

O analista de sistema Marcelo Coutinho, 32, reforça o coro daqueles que esperam a tecnologia no primeiro semestre de 2008 em Manaus. "A maior vantagem da terceira geração é a velocidade, que aumenta o número de ferramentas de comunicação e aplicativos de qualidade", fala o líder de projetos da Fucapi.

Mas ao lado de tanta tecnologia vem o valor agregado: "Os aparelhos disponíveis para a terceira geração não saem por menos de R$ 1 mil. A concorrência vai ajudar a baixar os preços, assim como aumentará a migração entre as operadoras na busca de serviços", acredita Coutinho.

Em dois anos, todas as capitais dos Estados, o Distrito Federal e as cidades com mais de 500 mil habitantes terão cobertura total (80% da área urbana) para serviços de banda sem fio. A cobertura será estendida nos próximos oito anos para mais de 3,8 mil municípios brasileiros, atingindo milhões de clientes. Até setembro, a Anatel registrou 112,75 milhões de pessoas assinantes de telefonia celular no Brasil.

Justiça manda Coari dispensar temporários

Edição No. 2238 de 25/3/2009
A Juíza Titular da Vara do Trabalho de Coari, Mônica Silvestre Rodrigues, acolheu pedido do Ministério Público do Trabalho, condenando o Município de Coari e o atual prefeito, Adail Pinheiro, a procederem a substituição dos temporários irregulares até o dia 30.06.2008, por servidores aprovados em concurso.
O município de Coari mantém aproximadamente 5 mil trabalhadores em seus quadros funcionais, sendo que mais de 3 mil são contratados para executarem funções típicas de servidores da carreira, como agentes administrativos, agentes de saúde, gari, entre outros. Em alguns casos, os contratos, que deveriam ser temporários, já perduram mais de nove anos.
A magistrada ressaltou que a prefeitura se vale de uma lei municipal para fazer as contratações temporárias, desvirtuando, contudo, o seu sentido porque admite pessoal para quase todas as funções da municipalidade, não observando o que efetivamente seja necessidade excepcional. A sentença condena o município de Coari a anular os contratos de forma paulatina até 30 de junho de 2008. Tanto a prefeitura como o prefeito Adail Pinheiro também foram condenados a pagar R$ 150 mil, cada, a título de indenização à sociedade. Além disso, terão de pagar R$ 10 mil por contrato irregular renovado.