Archipo.Wilson. Tecnologia do Blogger.

quarta-feira, maio 21, 2014

Academia promove ciclo de palestras sobre o teatro e a ficção de Márcio Souza


 Academia Amazonense de Letras

Fundada em 1°de janeiro de 1918

Academia promove ciclo de palestras sobre o teatro e a ficção de Márcio Souza


 Tendo como base o livro O mostrador da derrota – estudos sobre o teatro e a ficção de Márcio Souza (UEA Edições, 2013), organizado pelos professores doutores Allison Leão e Marcos Frederico Krüger, a Academia Amazonense de Letras, dentro do projeto Sábado na Academia, promoverá um ciclo de debates sobre a obra de um de seus membros mais notáveis, que este ano completa exatos 10 anos de ingresso naquele silogeu.
Desde o lançamento de Galvez, o imperador do Acre, em 1976, o amazonense Márcio Souza tem se destacado na cena literária brasileira. Versátil, transitando por diversas formas de expressão, sua obra já teve inúmeras leituras críticas, inclusive dentro das universidades, onde foi tema de dissertações e teses, além de obter ampla repercussão na imprensa especializada.
A Academia Amazonense de Letras convidou os professores que participaram do livro, com ensaios sobre o trabalho de Márcio Souza, e, em quatro sábados, abrirá suas portas, sempre às 10h, para debater a obra do ficcionista e dramaturgo. A programação é a seguinte:

• 17 de maio - “A sinuosa escrita divina por rios, ruas e becos”
ü   Prof. Esp. José Almerindo Alencar da Rosa

• 24 de maio - “As antilições do riso: O brasileiro voador”
ü   Prof. Dr. Allison Leão
                     - “Galvez, Imperador do Acre: uma leitura”
ü   Prof.ª Dr.ª Neide Gondim

• 31 de maio - “Operação: Silêncio”
ü   Prof.ª Ma. Nicia Zucolo
                     - “Entre as margens da teoria e a correnteza da fantasia: um estudo sobre O Fim do Terceiro Mundo
ü   Prof.ª Ma. Vânia Pimentel

• 07 de junho - “Deuses, heróis, bufões: uma dramaturgia Amazônica”
ü   Prof. Me. e Acadêmico Zemaria Pinto
     - “Um mito teatralizado: A Paixão de Ajuricaba”
ü   Prof. Dr. Marcos Frederico Krüger

A entrada é franca, mas a Academia fornecerá aos interessados, mediante pagamento de uma taxa de R$ 10,00, certificados de participação, que podem ser usados como horas complementares.
A Academia Amazonense de Letras fica na rua Ramos Fereira, 1009, esquina com rua Tapajós, no Centro histórico de Manaus.
Mais informações: 3342-5381 e 3343-6309; acadam@ig.com.br