Archipo.Wilson. Tecnologia do Blogger.

quinta-feira, agosto 27, 2009

Tutorial Como se Cadastrar no Twitter – Ajuda com o Micro-blogging

Para se cadastrar no Twitter é muito simples, entre no site https://twitter.com/ e siga o passo a passo abaixo. Apesar do sites estar em Inglês (ou japonês) é bem muito fácil participar.

1 - Clique em “Join” ou “Sing up now” que fica do lado direito da pagina;

2 - Irá aparecer uma nova página onde você terá que preencher “Full name” (o seu nome), “Username” (o nome que irá aparecer para seus amigos), Password (a senha), Email (um e-mail válido), e por último digite no “Type the words above” a imagem que estiver acima deste quadro, dê espaço entre as duas “palavras” se necessário.

Obs: Se o Username já estiver sendo usado por outra pessoa, virá uma mensagem avisando, e você terá que criar outro, experimente usar apelido, junção dos nomes, etc. Talvez você tenha que ter paciência nesta hora. A mesma coisa a senha, tente usar letras e números se não vier um “ok” de início.

3 - A página seguinte serve para “exportar” prováveis amigos na lista de contados de seu e-mail. Não é obrigatório, se não quiser fazer isso, clique em “Skip This Step”. (Obs: Você pode fazer isso depois clicando em “Find People”/”Findo n other networks”.)

Pronto você já está cadastrado no Twitter. Parabéns!

Comprar pela Internet, você sabe?

Eu sou adepto de compras pela Internet. Em conversas com amigos e colegas ouso sempre que comprar pela internet é muito perigoso. Eu compro há muitos anos e nunca tive problemas.

Como fazer uma compra segura. Vou contar a minha experiência.

Eu costumo pesquisar os produtos que quero comprar para descobrir as melhores ofertas e condições. Muitas vezes uma loja oferece mais barato, mas quando se soma o frete fica maior que outra que não cobra frete.

Quando é um produto que precisa ser visto para decidir a escolha eu vou até uma loja física e pergunto sobre o produto e obtenho todas as características. Com esses dados faço a pesquisa nas lojas virtuais.

O mais seguro é comprar em lojas que existem fisicamente, pois é possível ver o produto antes da compra e o risco de golpe é menor. Procure na internet o site da loja que você costuma comprar, provavelmente encontrará produtos com preços muitos melhores. Se você se cadastra para receber ofertas terá conhecimento prévio das melhores.

Para quem precisa saber se a loja é segura é só entrar no site do e-bit e fazer uma pesquisa. Lá as lojas são classificadas e há registros dos elogios e reclamações. As lojas sérias fazem tudo para estar bem classificadas no e-bit. A classificação é feita por símbolos, tais como: diamante, ouro, prata. Se uma loja tem o selo diamante ou ouro é porque tem um excelente conceito e é segura. As pratas também são boas, mas tiveram alguma avaliação negativa, pois que dá o conceito são os próprios consumidores que avaliam a empresa após a compra feita. O site apenas soma os pontos e publica a classificação.

Mesmo assim é sempre bom ler a política de troca ou devolução no próprio site. As lojas sérias fazem a troca ou a devolução sem nenhuma burocracia, apenas preenchemos o formulário e no dia seguinte o correio vem buscar o produto. Assim que recebem a devolução devolvem o dinheiro ou enviam outro produto, se o pedido for de troca.

Outro site que você pode usar para pesquisar ofertas é o Buscapé, nele estarão listadas as principais lojas escalonadas por preço. Mas para ter certeza que é a melhor oferta é preciso ter as características exatas dos produtos.

Digite sempre o endereço da loja, pois há o risco de receber uma oferta de um site falso. Os sites seguros usam no início o símbolo https. Esse símbolo aparece na hora de fechar a compra e efetuar o pagamento. O mais normal é pagar por cartão de crédito, há lojas que dão desconto para o pagamento por boleto. É uma decisão pessoal, parcelar por cartão ou pagar à vista, depende da vontade do comprador. Há ofertas para todos os gostos.

E você tem alguma experiência para relatar? Deixe seu comentário.

terça-feira, agosto 25, 2009

Internet banda larga pela rede elétrica já pode ser vendida no país

As distribuidoras de energia elétrica já podem usar sua rede para transmitir internet banda larga. A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou a regulamentação do PLC (Power Line Communications), nesta terça-feira (25), que também permite fornecer sinal de TV por assinatura direto da tomada de sua casa.

Saiba mais sobre internet via rede elétrica

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) já havia homologado em abril a tecnologia que permite o tráfego de voz, dados e imagens. Conhecida como PLC, a nova forma de acesso à web já existe há cerca de dez anos e é vendida na Europa a links de 4,5 Mbps -que devem chegar a 14 Mbps até o final do ano.

No Brasil, o uso começou no Paraná, na fornecedora de energia elétrica local, no final da década passada. Desde então, foi desenvolvida uma tecnologia compatível com o sistema elétrico brasileiro, que foi testado nos últimos dois anos, até ser homologado.

A principal vantagem dessa tecnologia, segundo os especialistas, é que fornecerá acesso à web pela tomada -assim aproveita uma estrutura já existente para chegar a regiões onde outras alternativas de acesso rápido ainda não estão disponíveis. Com o PLC, a tomada elétrica vira o ponto principal de comunicação da residência ou da empresa. Mas, na prática, o que muda para o usuário?

Segundo o engenheiro eletrônico Almir Meira, professor da FIAP e Faculdade Módulo, para ter acesso à tecnologia, o usuário deverá contratar o serviço da operadora credenciada para comercializá-lo e adquirir um modem compatível com a tomada elétrica.

Os preços e velocidade do acesso à internet via rede elétrica ainda não estão definidos, mas acredita-se que a conexão será mais barata do que a banda larga. Testes já realizados no país mostram que a conexão pode chegar a 21 (Mbps) megabits por segundo, mas essa velocidade não será, necessariamente, repassada em sua totalidade para os clientes.

A Anatel ressalta que a conta de energia continuará separada porque se trata da mesma estrutura, mas usada para fins diferentes.

Arte/UOL

domingo, agosto 23, 2009

Musica do dia: Mulher de Fases

Que mulher ruim
Jogou minhas coisas fora
Disse que em sua cama
Eu não deito mais não
A casa é minha
Você que vai embora
Já pra saia da sua mãe
E deixa meu colchão

Ela é pró na arte
De pentelhar e aziar
É campeã do mundo
A raiva era tanta
Que eu nem reparei
Que a Lua diminuía

A doida tá me beijando a horas
Disse que se for sem eu
Não quer viver mais não
Me diz Deus, o que é que eu faço agora?

Se me olhando desse jeito
Ela me tem na mão, meu filho aguenta
Quem mandou você gostar
Dessa mulher de fases?

Complicada e perfeitinha
Você me apareceu
Era tudo que eu queria
Estrela da sorte
Quando a noite ela surgia
Meu bem você cresceu
Meu namoro é na folhinha
Mulher de fases

Põe fermento, põe as bombas
Qualquer coisa que aumente
A deixe bem maior que o Sol
Pouca gente sabe que na noite
O frio é quente e arde e eu acendi

Até sem luz dá pra se enxergar
O lençol fazendo congo-blue
É pena, eu sei amanhã já vai miar
Se aguente que lá vem chumbo quente

Caneta eletrônica pinta em qualquer cor

Sabe o conta-gotas do Photoshop? Você seleciona uma cor na imagem para usá-la como base para pintar outra coisa. A designer coreana Jinsu Park criou um modelo de caneta eletrônica que faz a mesma coisa.

Deve-se apontá-la para algo – podem ser objetos, plantas, frutas e o que a imaginação permitir –, e apertar um pequeno botão que digitaliza a cor e a mostra no visor lateral. Três pequenos cartuchos (vermelho, amarelo e azul), que funcionam como carga da caneta, fazem a mistura de tons para chegar à cor escaneada.Por enquanto é tudo só um protótipo, por isso não há qualquer estudo de viabilidade comercial.

Veja algumas fotos:








E antigamente tinha aquelas canetas de 20 cores e a gente achava o máximo!

Pra ter uma cor tinha que misturar tudo "na marra", e sempre ficava uma cor escura, hehe.

Fonte: Geração Net

Por que as letras no teclado não seguem a ordem alfabetica


Acredite se quiser, mas o teclado que usamos hoje - conhecido como QWERTY (por causa das seis primeiras letras na fileira superior, na mão esquerda) - foi escolhido por tornar a digitação mais lenta. Isso aconteceu porque as primeiras máquinas, de tecnologia rudimentar, travavam os tipos quando a datilografia era muito rápida. Quando o impressor americano Christopher Latham Sholes (1819-1890) inventou a máquina de escrever, em 1868, tentou ordenar as letras em ordem alfabética - como acontece na segunda fileira, onde temos uma seqüência quase completa: DFGHJKL. As mudanças de posição foram feitas para forçar o datilógrafo a bater as teclas numa velocidade adequada, sem embaralhar os tipos. Por isso, o E e o I, duas das letras mais freqüentes na língua inglesa, foram retiradas da segunda fileira, a mais acessível. A letra A, outra das mais comuns, ficou relegada ao dedo mínimo esquerdo, o menos hábil de todos.

Em 1932, depois de 20 anos de estudo, August Dvorak, também americano, criou o teclado que leva o seu nome, extremamente eficiente para língua inglesa: 3 000 palavras podem ser escritas com as letras da fileira principal (contra 50 no teclado QWERTY) e a mão direita é a mais usada. Alguns fabricantes chegaram a realizar competições entre os dois teclados para determinar qual era o melhor. Infelizmente, o datilógrafo que usou o QWERTY havia memorizado o teclado inteiro, enquanto o outro ainda catava milho. Por conta disso, o QWERTY acabou se tornando padrão industrial e assim permanece até hoje.

Apesar de ser técnico em informatica, ia morrer sem saber disso, hehe.

Fonte: Under Linux

Atualize sua conta do Twitter via SMS

O que você está fazendo", em qualquer lugar e a qualquer hora, direto do seu celular, sem pagar tarifa internacional.

O sms2blog é um serviço gratuito que permite a atualização da sua conta no Twitter via SMS.

Para utilizar o serviço basta informar seu login e senha do Twitter e em seguida cadastrar o seu celular. Após o cadastro você já pode atualizar seu Twitter enviando os posts para (31) 9232-2564.

E você ainda pode criar contas de atualização coletiva para cobrir eventos, cadastrando mais de um celular.