Archipo.Wilson. Tecnologia do Blogger.

sábado, fevereiro 14, 2009

10 dicas de como agir quando ELA te chamar para sair

Tempos modernos, sutiãs queimados e toda aquela coisa louca! E a melhor novidade: agora as meninas também chamam os caras para sair! Não é o máximo?!

O pior é que alguns bananas, digo, rapazes despreparados, não sabem como agir quando se deparam com uma situação como essa e acabam botando tudo a perder. Então, pra não traumatizar as gurias e pra não perder nenhuma boa oportunidade de relacionar-se intimamente, vamos às dicas de como reagir a uma investida feminina!

Acabe com o preconceito e não julgue a menina por ela ter te convidado. Fácil, vadia, vagaba… Pare com o raciocínio machista e pense no encontro como se fosse você quem tivesse chamado. Às vezes você pode perder uma boa oportunidade por causa de um preconceito bobo.

Não fique dando risada nem demonstre muita surpresa quando ela te chamar. Haja normalmente e engula todo o orgulho que está sentindo! Não vá deixar a menina embaraçada!

• Ok, ela está te chamando pra sair. Mas isso não significa que ela tem que resolver tudo. Você pode muito bem sugerir o restaurante, o programa…

• Se houver um mal estar referente a quem busca quem em casa, combinem de se encontrar lá.

• Quando alguém convida você para sair, isso não necessariamente significa que a pessoa está completamente apaixonada por você. Muitos rapazes tendem a negar o convite porque acham que a garota vai querer se casar! Girls just wanna have fun, babies!

• Não é porque ela é moderna e tomou a iniciativa que ela não gosta de gentilezas. Não ser machista não significa não ser cavalheiro!

• “Se elas queimaram sutiãs, têm que dividir a conta” ou “Quem convida paga a conta”? Se você não pensar assim, pode se oferecer pra bancar, afinal ela já teve o trabalho e a coragem para a iniciativa!

• O fato de ela ter proposto o encontro não quer dizer que ela vai querer sexo já na primeira noite. Muitos homens costumam confundir as coisas e forçar a barra.

• Se o encontro foi bom, você pode tomar a iniciativa da próxima vez. Ela convidar é legal, mas não é regra!

• Não precisa aceitar um convite de uma mulher por educação se não está a fim dela. Diga que não vai rolar, ou se preferir usar uma desculpa, aqui vão umas boas: tenho uma festa de uma amiga nesse dia; preciso estudar; vou jantar com meus pais… São desculpas que elas engolem e ao mesmo tempo sabem que a mensagem embutida é: não quero você!

Tem sugestões? Comente:

O manual básico do “sexo sem compromisso”

Salvo exceções atemporais, primeiro era necessário estar casado para transar. Depois os tempos mudaram e namorados já faziam sexo. Depois inventaram essa história de ficar e os ficantes já podiam transar.

E com toda essa evolução sexual, hoje em dia não é mais necessário nenhum vínculo para se ter sexo. Graças ao advento da camisinha, aos movimentos de igualdade entre os sexos e aos motéis espalhados pela cidade, sexo pode ser casual e livre de qualquer compromisso!

Então vamos às dicas de como se dar bem no moderno e perigoso mundo do “one night stand”:

• Se o sexo vai ocorrer com alguém que você não mantém um relacionamento, já está implícito que ele é sem compromisso. Não é necessária uma explicação prévia: “Olha… nós dois não temos nada. Acabei de sair de um relacionamento e não quero me comprometer, bla bla bla”! Isso é broxante…

• Na hora de dar a entender o que quer, seja direta, porém sutil. “Vamos transar?” não é a pergunta certa se fazer. Para quem mora sozinha, “Que tal dar um pulo lá em casa para ver um DVD” é a frase chave. Sexo está implícito quando a pessoa vai até a sua casa e vice-versa. Não quer transar, fique na sua própria casa ou marque encontros em lugares públicos. Ir com ficante à casa dele(a) é sinônimo de transa.

Contiunue

10 dicas para reconhecer um homem BANANA

Existem 3 tipos principais de machos que encontramos no mercado: os que são um tesão, porém cafajestes; os que são românticos e doces demais; e os bananas.

De todos eles, os últimos são os piores de lidar. O problema é que, camuflados feito camaleões, nem sempre são fáceis de serem reconhecidos. Então, vou dar umas dicas para você distingui-los de longe e assim poder evitá-los!

• Sempre que você der uma indireta para um cara e ele não entender, desconfie de sua bananice. Homem que é homem tem que ser bom entendedor. E pra bom entendedor, meia palavra basta.

• O banana tem, na maioria das vezes, um grave complexo de Édipo. Em alguns casos, eles deixam a mamãezinha escolher até suas próprias cuecas. Imagine então quanto às namoradas!

• Bananas têm pudor de chamar o garçom!

• Bananas nunca fazem propostas. Eles não marcam de sair, nem mesmo com os amigos. Vivem sempre empurrados ou puxados por quem está ao seu redor.

Continua