Archipo.Wilson. Tecnologia do Blogger.

sábado, agosto 14, 2010

Como localizar remetente de um email

Com os emails fraudulentos cada vez mais evoluídos e as ameaças por email cada vez mais frequentes, localizar a origem do email poderá nos ajudar a proteger destas novas ameaças.
localizar remetente,remetente do email,mundo online,dicas l,anuncios brasil,dicas e novidades,agregador de links,novidades,interessante,legal,parceiro,mundo irado,dicas blogger,curiosidades e variedades,divulgue seu texto,divulgue artigo,divulgue seu blog,gratis,facil

Para iniciar a localização, seleccione a mensagem desejada e com o botão direito do rato seleccione "Exibir código-Fonte da mensagem" ou "Ver origem da mensagem" (no Hotmail por exemplo), já no Yahoo Mail seleccione "View Full Headers" . Em seguida, seleccione com o rato a parte inicial do código do email até a tag html.

Para finalizar, vá ao site http://whatismyipaddress.com/staticpages/index.php/trace-email-source-IP-address e cole o código na caixa "Headers". Pressione "Get Source" e visualize a informação detalhada do remetente.
obter ip email


Se o site não retornar um IP, poderá fazer a procura manualmente. Procure no código X-Originating-IP.

Em seguida, localize no mapa com mais detalhe, no site http://ip2loc.jerodsanto.net/, (cole o endereço de IP na barra central).

Localizar remetente email

Créditos: Mega Debate

sexta-feira, agosto 13, 2010

As sociedades secretas e seus mistérios

Sociedades secretas são grupos de pessoas que se reúnem em segredo com um propósito em comum, quase nunca revelado. Isso não quer dizer que seus membros sejam anônimos. Algumas ocultam sua existência, datas e locais de reuniões. Os rituais de iniciação também são envoltos em mistérios.

TEMPLÁRIOS

Fundada em 1096 com o propósito de proteger os cristãos que voltavam em perigrinação à Jerusalém, depois de ser conquistada pela 1ª Cruzada. (Saiba mais)

PRIORADO DE SIÃO

Sociedade fundada em 1099 em Jerusalém, para proteger o segredo do Santo Graal (Sang real), entendido por alguns como a descendência de Jesus Cristo. (Saiba mais)

MAÇONARIA

Fundada em 1727, louva o “Grande Arquiteto do Universo”, G.A.D.U., ou G.A.U, o Grande Geômetra. Exclusiva para homens, tem por objetivo ajudá-los na conquista de ascensão social. (Saiba mais)

ILLUMINATI

Grupo fundado em 1754 com o objetivo de unir o mundo em uma única regência, baseado em um modelo “político” onde todos são iguais. (Saiba mais)

CARBONARIA

Fundada na Itália  em 1810, com ideologia semelhante à Maçonaria, a sociedade se fazia notar pelo marcante anticlericalismo. (Saiba mais)

SKUL E BONES (CAVEIRA E OSSOS)

Sociedade secreta estudantil dos USA, que prega a formação de um governo mundial único e absoluto, também conhecido como Nova Ordem Mundial.
Tem em seus quadros os Bush e é dominada por famílias como os Rockefellers, J.P.Morgan, Taft, Stinsom, Whitney, Bundy, Harriman, Weyerhaeuser, Pillsbury, Payne, e Wadsworth. Seu objetivo é o de estabelecer uma ditadura global. (Saiba mais)

Ku Klux Klan – KKK

Fundada por 6 amigos da cidade de Pulaski em 1865, Tennessee, após o final da Guerra civil americana. Seu objetivo era impedir a integração social dos negros recém-libertados, matando todos eles! (Saiba mais)

ROSAE CRUCIS

Organização de caráter místico-filosófico fundada em 1915, com a missão de despertar o potencial interior do ser humano. (Saiba mais)

SOCIEDADE VRIL

Vale lembrar que essa sociedade ainda está viva em vários cantos do mundo, inclusive no Brasil, onde mantêm sedes secretas para encontros e reuniões.
Documentário sobre uma das mais temidas sociedades secretas que foi um dos pilares do Partido Nazista: a Sociedade Vril.
FAÇA O DOWNLOAD AQUI

quarta-feira, agosto 11, 2010

Justiça eleitoral do Amazonas estar de olho em Adail Pinheiro


A juíza eleitoral Joana Meireles enviou ao Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) o pedido de impugnação do registro de candidatura do ex-prefeito de Coari (a 363 quilômetros de Manaus), Adail Pinheiro (PRP). O processo pode ser julgado até sexta-feira, 13. Pinheiro foi cassado em 2009 e disputa agora uma vaga à Assembléia Legislativa do Estado.
A juíza Joana Meireles é responsável pelo processo, que estava no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No julgamento no ano passado, a magistrada votou pela a inelegibilidade do ex-prefeito. De acordo com dados publicados no sítio do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Marco Aurélio negou o recurso da defesa de Pinheiro e reafirmou a decisão do TRE-AM.
Na mesma sessão em que Pinheiro perdeu o mandato, o TRE-AM também cassou o então prefeito do município Rodrigo Alves (PP), o seu vice Leondino Menezes (PTB) e de mais dois vereadores. Mesmo inelegível, Pinheiro requereu registro de candidatura ao TRE na quinta-feira, 5, último dia para pedido de registros. Com a confirmação da decisão do TSE, Pinheiro se enquada na lei da Ficha Limpa.
Ele pode recorrer no TSE. Segundo parecer do Ministério Público Eleitoral no Amazonas (MPE-AM), durante as eleições de 2008, Pinheiro promoveu festa no Dia das Mães, onde foram distribuídos brindes pagos com dinheiro público. O objetivo da festa seria a compra de votos para Rodrigo Alves, então candidato à Prefeitura, diz o MPE-AM.

Ficha Limpa: PRE/AM impugna candidatura do ex-prefeito de Coari Adail Pinheiro

11.8.2010 - Adail foi condenado pelo TRE/AM, tem filiação partidária irregular, teve a candidatura contestada por partidos da coligação e tem duas condenações pelo TCU 

 
A Procuradoria Regional Eleitoral no Amazonas (PRE/AM) encaminhou ao Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE/AM) ação de impugnação da candidatura do ex-prefeito de Coari, Adail Pinheiro, ao cargo de deputado estadual. Adail solicitou registro de candidatura no último dia 4 de agosto, prazo máximo para substituição de candidatos a deputado, após a renúncia de Antônio Benigno Pinto.
A ação de impugnação apresentada pela PRE/AM foi feita com base na Lei Complementar nº. 135/10, conhecida como “Lei da Ficha Limpa”, em razão de o ex-prefeito possuir condenação por abuso de poder político e econômico, julgado pelo próprio TRE/AM, conforme os acórdãos 193/2009 e 216/2009.
A Lei Complementar nº. 135/10, que entrou em vigor neste ano, considera que são inelegíveis aqueles que forem condenados à suspensão dos direitos políticos, em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão colegiado (em que há mais de um juiz), por ato doloso de improbidade administrativa, se as acusações forem de enriquecimento ilícito ou lesão aos cofres públicos, desde a condenação ou trânsito em julgado até o transcurso do prazo de oito anos após o cumprimento da pena.
Adail foi prefeito de Coari por dois mandatos, de 2000 a 2008. Em 2004, foi cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas conseguiu liminar devolvendo o mandato. Na época, ele já respondia a processo por abuso do poder econômico e, em 2009, foi condenado pelo TRE/AM pelo mesmo crime, com pena de inelegibilidade por três anos.
Dupla filiação – Além da condenação pelo TRE/AM e da inelegibilidade decorrente, a dupla filiação partidária de Adail é também uma irregularidade que impede a candidatura dele.
Ele era filiado ao Partido Progressista (PP) e pretendia filiar-se ao Partido Republicano Progressista (PRP), em 2009, mas informou sobre a transferência de filiação ao juízo eleitoral de Tefé – onde não era inscrito como eleitor – e não ao de Coari. Isso porque ele havia pedido a transferência de domicílio eleitoral para Tefé, em 2008, mas teve o pedido negado pelo TRE/AM.
Dessa maneira, o ex-prefeito de Coari manteve duas filiações partidárias, sendo as duas consideradas nulas para os efeitos legais.
O pedido de registro de candidatura de Adail também foi impugnado porque não há consentimento expresso do Democratas (DEM) e do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), quem também fazem parte da coligação, mas só de seu partido, PRP, para a candidatura dele.
Como o pedido de registro coletivo de candidatura da coligação já foi julgado, não há como o partido deixar a coligação para disputar as eleições de maneira independente.
Condenações no TCU – A PRE/AM encaminhou hoje (11) ao TRE/AM um aditamento à ação de impugnação, em que aponta que Adail Pinheiro tem duas condenações pelo Tribunal de Contas da União (TCU).
Os acórdãos 1.426/2004 e 3.159/2005 são referentes a rejeições de contas por irregularidades insanáveis que configuram ato doloso de improbidade administrativa, quando ele estava à frente da prefeitura de Coari.
Impugnações -  Até ontem (10), a PRE/AM havia apresentado 146 ações de impugnação de registros de candidatura, a mais recente, contra a candidatura do atual deputado federal Lupércio Ramos ao cargo de deputado estadual.
Dos 146 pedidos, 90% foram por conta de ausência de documentos exigidos para o registro e cinco foram impugnações aos pedidos de registro coletivo de candidaturas de quatro coligações e um partido político, por não cumprirem a cota de candidatas mulheres e apresentarem pedido fora do prazo legal.

O que é Gadget? E Widget, é a mesma coisa?

Problemas com a tradução de algumas palavras sempre existiram e sempre existirão, que o digam os nomes de alguns filmes. Quando o termo faz parte do universo tecnológico, às vezes é melhor mantê-lo em seu idioma original para evitar empecilhos – como chamar os wares (software, hardware etc.) de wares, mesmo, e não chamar o mouse de “ratinho”.

Gadget e Widget são dois exemplos clássicos de termos que não foram traduzidos para facilitar sua compreensão. Mas há um problema: se já é difícil entender o conceito de algumas palavras e expressões quando elas estão em nossa língua nativa, imagine a dificuldade que existe, para algumas pessoas, em assimilar as que estão em línguas estrangeiras.

Inspector Gadget!

inspQuem é um pouquinho mais velho certamente se lembra do Inspetor Bugiganga, personagem de desenho animado que fez algum sucesso na década de 90 e que dispunha de diversos aparatos para solucionar os casos. Pois bem: seu nome original (em inglês) é “Inspector Gadget” – dessa forma podemos associar o termo Gadget com bugiganga, geringonça, enfim: uma espécie de apetrecho tecnológico.

Esse contexto nos permite entender a função que o termo ocupa nesse mundo (o tecnológico), qual seja: classificar um dispositivo complexo, desenvolvido com a melhor tecnologia disponível no momento e que tem por fim facilitar as tarefas de quem o utiliza. Equipamentos como iPhones, tocadores mp3 e PDAs são considerados Gadgets.

Já no universo da informática, Gadgets referem-se a miniaplicativos desenvolvidos para tornar mais simples a vida dos usuários – tanto no oferecimento de informações úteis quanto na melhoria de serviços pré-existentes. Os Google Gadgets são um ótimo exemplo.

Inspector Widget?

Muitas pessoas acham que Gadget e Widget significam a mesma coisa, o que é um equívoco. Apesar de ambos terem finalidade semelhante (simplificação), Widgets referem-se a programas (leves, na maioria das vezes) que se tornam “atalhos” para serviços e utilidades. Ao invés de acessar alguma página na internet a cada vez que quiser saber o clima da sua cidade ou checar a cotação de alguma moeda, que tal ter essas informações disponíveis diretamente na sua área de trabalho e em tempo real? Pois bem: basta instalar os Widgets correspondentes e voilà! Lembrando, ainda, que também existem Widgets para dispositivos móveis e para sites, com função análoga à dos para desktops.
Exemplo de área de trabalho repleta de Widgets.

terça-feira, agosto 10, 2010

Top 10 habilidades que todo homem deve ter


Algumas tarefas parecem estar associadas ao mundo masculino: são "habilidades de macho" que, desde crianças, os meninos são estimulados pela família a desenvolver.
1.Trocar pneu de carro
Obrigatório saber fazer isso rapidamente e sem sujar muito a roupa. Os dedos pretos impressionam as donzelas em perigo e te fazem o herói do momento, mas lembre-se que um bom trocador de pneus sabe onde colocar o macaco, que é melhor desparafusar antes de tirar a roda do chão e sabe ainda que o cara que inventou o estepe embutido fora do porta-malas não tinha mãe.
2.Dar nó de gravata
Seja um simples ou duplo, ou cruzado ou francês ou inglês, o verdadeiro cavalheiro dispensa a gravata com nó pronto, porque maneja a tira de pano com maestria, fazendo com que o acessório esteja sempre com as pontas sobre a fivela da calça - nunca a la Oliver Hardy (no meio do peito) ou como a famosa gravata Cordilheira dos Andes (aquela que vai até o Peru).
3.Fazer uma pipa/papagaio
Se você já foi criança, saberá pegar varetas de bambu, papel de seda, cola branca e linha e fazer uma bela pipa (ou papagaio) no estilo "maranhão", "arraia", "asa delta" ou "carambola". Para os mais competitivos, só a idéia de passar cerol na linha (proibido por ser perigoso) já faz com que seu instinto de caçador aflore para disputar os céus com outros aventureiros.
4.Usar uma furadeira
Ah, a arte de destruir uma parede para se colocar uma gravura! O poder de ter uma máquina destruidora na mão. A escolha das brocas, o barulho insuportável, o pó se espalhando, a bucha, o parafuso e pronto! Você testou e provou sua masculinidade em um momento único. Você é senhor do seu castelo. E nenhuma mulher pode lhe tirar isso.
5.Passar uma camisa
Isso é imprescindível. Pelo menos a camisa amarrotada você deve saber passar, especialmente se viaja muito a trabalho ou se mora sozinho. Se você tiver algum preconceito, imagine a tábua de passar como uma bancada de trabalho. Aí, comece pelo colarinho, depois os ombros, mangas (punhos primeiro), costas e frente, contornando os botões. E use spray de água fria para melhorar o serviço.
6.Trocar uma fralda
Essa é válida para casados, separados e aqueles solteiros que não querem perder a chance de impressionar a namorada que tem filhos. É fácil, indolor, divertido e, por favor, seja macho o bastante para não fazer careta quando vir o resultado da papinha de nenê com mamão no centro do tecido.
7.Engraxar sapatos
Sim, meu amigo, um bom sapato arrumado requer escovadas certeiras, pouca graxa, um pouquinho de água para o brilho e uma flanela limpa para lustrar. E lembre-se de ter uma escova para sapatos marrons e outra para pretos, porque, do contrário, o resultado pode ser catastrófico.
8.Encerar o carro
Assim como o pisante, um carro apresentável e brilhante impressiona a todos mesmo que seja um Fusca 1971 vermelho. O ideal é fazer isso na sombra com o carro limpo e seco. Passe a cera em movimentos circulares e use uma flanela limpa para dar o brilho. Não saia com o carro no mesmo dia, porque inevitavelmente vai chover.
9.Fazer baliza
Isso diferencia meninos de homens. Estacionar sem pegar o meio-fio ou encostar nos carros da frente e de trás mostram sua segurança e domínio sobre a máquina. E nas vagas de shopping centers evite parar torto. Sua mulher ou namorada pode até dizer que lhe perdoa, mas se sentirá aliviada em saber que não é só ela que faz essa besteira. E você não vai dar essa chance a ela, não é?
10.Saber programar um DVD
O vídeo já acabou faz tempo, mas nos dava aquela supremacia sobre as damas ao saber gravar o programa favorito sem se perder na programação. Agora, com os DVDs graváveis, podemos mais uma vez jogar na cara delas essa habilidade oculta e dar um jeito para impedir a sessão de replay da novela.

Via

Expressões usadas na net


Hoje em dia todo blog, site ou Twitter que você  visite, irá encontrar palavras atualmente tratadas como “Tags” que até pouco tempo eram totalmente  inexistentes. Pergunte a seus pais o que é “fail”, “owned”, “omg”… se eles não forem ratinhos de internet, com certeza não  saberão do que se tratam essas palavras. Vamos ver algumas dessas palavrinhas e seus respectivos significados.

FAIL

A palavra americana “fail” que significa falhar, falir… E é usada para  desginar uma situação em que alguém comete um erro ou uma grande falha. A  expressão ficou muito popular na internet e existem até blogs que  tratam exclusivamente de situações fail.

OWNED

O termo owned era usado inicialmente por jogadores de games online. Era  usada para mostrar superação em caso de perda, falha, morte, etc. Com o  tempo saiu do mundo dos RPG’s online e foi parar em sites e  blogs. Hoje é usado para demonstrar dominância, humilhação, ou superioridade sobre  alguém. Tem muitas variações como: ownado, ownei, deu owned e muitas  outras.

OMG

A expressão OMG que significa Oh My God! é usada em situações  de preocupação ou de espanto. Na internet são usadas as iniciais OMG  para substituir a frase Oh My God!.

OFMG

OMFG são as iniciais de Oh My Fucking God! que é uma variação  de OMG. É muito usada nos Estados Unidos, se popularizou na internet, onde é  usada em situações de espanto ou desespero. Como é uma variação de Oh  My God!, é usada geralmente em situações extremamente espantosas,  nas quais OMG seria fraco para expressar o horror da situação.

BALEIAR


O “verbo” brasileiro baleiar foi criado a pouco tempo. Quando o site ” Twitter” ficava fora do ar, era colocado (não sei porque motivo) uma  baleia para simbolizar que o site estava offline. De tanto ver a baleia  os usuários brasileiros do site usaram o termo “baleiar” para dizer que  ele estava fora do ar. Hoje é usada para qualquer site que não esteja  online, ou seja, que esteja “baleiando”.

WTF


É a sigla da expressão “What The Fuck?” ou ainda “Whatafuck?” que  significa mais ou menos “que porra é essa?”. É muito usada em situação  de espanto e assombro e é uma das mais populares expressões da web.

segunda-feira, agosto 09, 2010

Adail declara ao TSE que seu patrimônio é de apenas três carros

Adail Pinheiro declarou ao TSE que seu patrimônio é de apenas três carros.

Ex-prefeito de Coari, que tenta obter um registro de candidatura a deputado estadual, garante que seu patrimônio é de R$ 82.500,00.

Manaus - O ex-prefeito de Coari Adail Pinheiro (PRP), declarou à Justiça Eleitoral um patrimônio com apenas três carros, no valor total de R$ 82.500,00. De acordo com a declaração de bens publicada no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Adail tem um Peugeot ano 2006 Feline, cor prata, no valor de R$ 18.500,00, um Honda Civic cor prata ano 2005 de R$ 28.000,00 e um Vectra Sedan Elegance ano 2006, no valor de R$ 36.000,00.

Adail tenta obter o registro de candidatura a deputado estadual pela coligação ‘Democaria e Trabalho’ (DEM, PTB e PRP), mas enfrenta dificuldades com a Justiça porque no ano passado foi condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) por compra de votos e abuso de poder econômico e, neste ano, pelo Tribunal de Contas da União (TCU), sendo incluído na lista de inelegíveis porque não cabe mais recurso da decisão.

Com essas duas condenações, o ex-prefeito já pode ser atingido pela ‘Lei da Ficha Limpa’. Adail responde ainda por pelos outros 18 processos, já que foi indiciado pela Polícia Federal (PF) na operação Vorax, em 17 crimes e ainda é acusado de exploração sexual infanto-juvenil ou pedofilia porque foi denunciado, em 2008, por estuprar uma menina de 12 anos, na época.

A operação Vorax desarticulou um esquema de corrupção que, segundo a PF era comandado por Adail e que, em cinco anos, desviou cerca de R$ 85 milhões em recursos públicos destinados à prefeitura de Coari. Adail chegou a ser preso no ano passado porque mudou de endereço sem informar à Justiça e também foi convocado a depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia, no Senado.

Fonte: d24am

domingo, agosto 08, 2010

Ministro do TSE nega liminar para Adail concorrer na eleição

Adail, que quer ser deputado estadual, foi preso em 2009.

Marco Aurélio de Mello indeferiu liminar suspendendo efeitos de condenação eleitoral de 2008. Com isso, Adail deve ser enquadrado na lei 'ficha limpa'.

Manaus - O ministro Marco Aurélio de Mello, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou pedido do ex-prefeito de Coari, Adail Pinheiro (PRP), de liminar para poder concorrer nas eleições deste ano. Adail, que busca ser candidato a deputado estadual, pediu a suspensão da condenação por crime eleitoral ocorrida em 2008, quando era prefeito e fez campanha para eleger o sucessor, Rodrigo Alves.
Com o indeferimento da liminar, ele acaba enquadrado na lei ‘ficha limpa’, que impede que candidatos condenados por instâncias colegiadas concorram nas eleições de 2010. Adail responde ainda a, pelo menos, outros 17 processos.
O ex-prefeito ingressou com o pedido de registro de candidatura no final da tarde da quarta-feira (4), em substituição ao candidato Antônio Benigno Pinto (PRP), que renunciou um dia antes. Era o último dia para as coligações substituírem candidatos.
O pedido de registro de candidatura de Adail Pinheiro está tramitando no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM). A previsão é que o registro dele saia até segunda. Quando publicado o edital de registro, no Diário Eletrônico do TRE, Adail vai ser comunicado pela Comissão de Registro de Candidatura e deve apresentar certidões que comprovem que não há condenação.
Com a liminar negada, Adail não terá como apresentar certidão negativa.
Adail ainda pode recorrer da decisão do indeferimento da liminar no próprio TSE e postergar o julgamento de seu registro de candidatura no Tribunal Regional Eleitoral.
O ex-prefeito tenta concorrer pela coligação ‘Democracia e Trabalho’, integrada pelos partidos PRP, PTB e DEM.
Condenações
Adail foi prefeito de Coari por dois mandatos, de 2000 a 2008. Em 2004, foi cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas o então ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Maurício Corrêa, concedeu liminar devolvendo o mandato. Na época, ele já respondia a processo por abuso do poder econômico e, em 2009, foi condenado pelo TRE-AM pelo mesmo crime, juntamente com o ex-prefeito Rodrigo Alves, com pena de inelegibilidade por três anos.
O ex-prefeito chegou a ser preso, em setembro de 2009, por ter mudado de endereço sem comunicar à Justiça. Acusado de pedofilia, Adail foi levado ao Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat) e depois para o Batalhão da Cavalaria da Polícia Militar (PM).
Em março deste ano, o Tribunal de Contas da União (TCU) julgou irregulares as contas do ex-prefeito na aplicação de recursos da Caixa Econômica Federal (Caixa) para a melhoria do sistema de abastecimento de água, construção de meios-fios, sarjetas e calçadas em ruas dos bairros de Coari. Adail foi condenado a devolver R$ 700 mil e a pagar multa de R$ 20 mil. Em junho, o presidente do TCU, ministro Ubiratan Aguiar, entregou a lista com os nomes dos inelegíveis de todo o País ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Ricardo Lewandowski. Entre os nomes do Amazonas está o de Adail Pinheiro

Decisão sobre Adail sai dia 10

Ministro Marco Aurélio Mello já despachou sobre o processo que envolve a inegibilidade do ex-prefeito de Coari no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Decisão de Mello será publicado no Diário da Justiça Eletrônico da próxima terça-feira (10)


Tela do sistema de pesquisas do TSE mostra que decisão do GAB-MMA (Gabinete de Marco Aurélio Mello) já foi tomada e será publicada dia 10 (Foto: Reprodução)
O ministro Marco Aurélio Mello, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), registrou na última quinta-feira (5) seu despacho sobre o Recurso Especial Eleitoral 35.900, interposto - dentre outros – pelo ex-prefeito de Coari, Manoel Adail Amaral Pinheiro, visando reverter decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) que, ano passado, o declarou inelegível por três anos e aplicou multa de R$ 50 mil.

A intenção de Adail é ser liberado para participar das eleições deste ano, mas se a decisão de Marco Aurélio seguir o mesmo caminho de decisões anteriores, relacionadas às demais partes no processo, o pedido de Adail será indeferido. O despacho será publicado no Diário da Justiça Eletrônico, do TSE, na próxima terça-feira (10).
No dia 7 de julho do ano passado, o TRE-AM cassou os mandatos do então prefeito de Coari Rodrigo Alves, do vice Leondino Menezes e dos vereadores Adão Silva e José Henrique (presidente da Câmara Municipal) por abuso do poder político e econômico na campanha de 2008. Eles participaram da entrega de mais de R$ 4 milhões em brindes para a população de Coari feita pelo prefeito Adail Pinheiro nas comemorações do dia das mães. Adail também foi declarado inelegível, mas registrou candidatura no último dia 4 de agosto para tentar uma vaga na Assembleia Legislativa do Amazonas em outubro.

O advogado do ex-prefeito em Manaus, Yuri Dantas, disse que Adail é representado por outros advogados em Brasília e que eles deverão recorrer de uma decisão negativa para Pinheiro no TSE. Quanto às pretensões de Adail no pleito de outubro no Amazonas, Yuri disse que vai  aguardar a publicação do despacho do ministro Marco Aurélio para revelar qual será o teor da defesa do ex-prefeito para se manter nas eleições. "O que posso dizer, com certeza, é que, em caso de uma negativa para o pedido de registro, vamos recorrer", explicou Dantas.

A estratégia do ex-prefeito de Coari é recorrer em todos os graus possíveis e, enquanto não houver uma sentença definitiva sobre a candidatura, manter a rotina de candidato, participando de comícios, fazendo campanha e, inclusive, aparecendo nos horários eleitorais gratuitos de rádio e televisão. "Lembram do caso do Amazonino? A contagem de votos para ele apareceu zerada porque a decisão sobre o registro ainda não havia sido tomada. A decisão final sobre a candidatura de Adail também pode sair só depois do pleito", explicou Dantas.
 
Fonte: ACrítica