Archipo.Wilson. Tecnologia do Blogger.

quarta-feira, outubro 31, 2007

Petrobras fará investimento de R$ 3 bilhões no Amazonas

Terezinha Patrícia
Da equipe de A CRÍTICA

A área de exploração e produção da Petrobras vai investir, nos próximos cinco anos, R$ 3 bilhões no Amazonas para a perfuração de novos poços, construção de novas unidades de produção em Coari (a 370 quilômetros de Manaus) e na reserva de gás de Silves (a 200 quilômetros de Manaus). O início da produção em Silves, já em 2009, está dependendo de acertos, que incluem a construção de uma termelétrica no município.

Os investimentos se justificam porque a empresa acredita no potencial da região, diz o gerente geral da Área de Exploração e Produção da Unidade de Negócios da Bacia do Solimões (UNBSOL), Joelson Mendes, completando que as bacias do Amazonas e do Solimões são muito grandes e pouco exploradas. Mendes participou ontem à tarde do lançamento do Fórum Regional do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp), na sede da Petrobras, em Manaus, e disse que pelo volume de investimentos que a estatal está realizando, a intenção é desenvolver fornecedores locais de bens e serviços.

Presentes ao evento representantes de instituições empresariais como a Federação das Indústrias do Amazonas e de ensino e pesquisa como a Universidade Federal do Amazonas, Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet) e secretarias estaduais de Educação e de Ciência e Tecnologia e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

O Prominp já instalou fóruns em nove Estados nas regiões Nordeste, Sul e Sudeste do País e agora chegou ao Amazonas. Entre os objetivos dos fóruns estão incentivar o fornecimento de bens e serviços pela indústria local e inserir pequenas e micro empresas na cadeia de petróleo e gás natural. Para dar uma idéia das oportunidades abertas pelo Prominp, o coordenador executivo nacional do programa, Victor Lisboa, diz que no Rio Grande do Norte, pequenos produtores que já trabalhavam com a fibra do babaçu, tornaram-se fornecedores do produto que é utilizado pela Petrobras como isolante térmico de tubos de gasoduto. As oportunidades para as empresas do Amazonas fornecerem para a Refinaria de Manaus Isaac Sabá (Reman) e UNBSOL serão listadas num workshop que deve acontecer após o Carnaval de 2008.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são Moderados: