Archipo.Wilson. Tecnologia do Blogger.

terça-feira, junho 26, 2012

Projetos de alcance social serão destaque no estande do Governo do Amazonas durante a SBPC


      A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI-AM) está organizando a participação do Amazonas na 64ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), o maior evento científico do País. Este ano, a SBPC vai ser realizada na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), em São Luís/MA, de 22 a 27 de julho, e tem como tema central “Ciência, Cultura e Saberes Tradicionais para Enfrentar a Pobreza”.  

      Nos últimos anos, o Amazonas tem marcado presença na SBPC, que é uma vitrine da ciência brasileira, por meio do trabalho de articulação da SECTI-AM, responsável por intermediar a participação de diversas instituições no evento.
Nesta edição, o Estado quer reforçar a sua imagem na condição de uma das unidades federativas que vem conquistando maior avanço no campo da CT&I, nos últimos anos. Para tanto, o público que visitar o estande do Amazonas na SBPC poderá conhecer iniciativas de projetos de pesquisa de amplo alcance social.
         “O Governo do Amazonas tem investido muito em CT&I e vamos levar um pouco desse muito, por meio de instituições que vão apresentar projetos e práticas dentro da temática proposta”, afirmou o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Amazonas, Odenildo Sena.

 

Integração
      O Governo do Amazonas estará presente na ExpoT&C – grande mostra de ciência, tecnologia e inovação (CT&I), que reúne expositores de universidades, institutos de pesquisa, agências de fomento, entidades governamentais e outras organizações interessadas em apresentar novas tecnologias, produtos e serviços.

        As instituições que irão representar a produção do conhecimento científico do Amazonas fazem parte do sistema público estadual de CT&I - formado pela Universidade do Estado (UEA), Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapeam) e Centro de Educação Tecnológica (Cetam). Também integram o grupo de expositores a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e a Fundação Nokia de Ensino (FNE), enquanto instituições convidadas.

        De acordo com o chefe do Departamento de Apoio à Popularização da Ciência da SECTI-AM, Edmilson Bibiani, o estande do Amazonas, que terá 72 metros quadrados, vai apresentar projetos voltados para o tema central do evento de forma regionalizada. “Estamos trabalhando com a temática Ciência, cultura e saberes amazônicos para enfrentar a pobreza. Além de coordenar e articular as atividades do Estado, nosso objetivo é difundir as políticas públicas na área da CT&I e cultura”, explica.

Efervescência

         Além da ExpoT&C, diversas atividades serão oferecidas durante seis dias, como conferências, simpósios, mesas-redondas, encontros e sessões especiais, das quais participarão cientistas de todo o País para discutir políticas públicas em ciência, tecnologia e inovação, educação, saúde e meio ambiente.

         Diariamente haverá uma sessão de pôster para apresentação de trabalhos científicos ou de técnicas ou experiências de ensino e aprendizagem. Serão oferecidas ainda dezenas de minicursos, voltados tanto para universitários e pesquisadores como para professores do ensino básico.

Experiências

        A Fundação Nokia de Ensino levará o projeto “Sistema Educacional sobre História e Geografia do Amazonas – Explorando o Amazonas – EXPAM”, que visa amenizar a problemática da carência de softwares educacionais voltados à temática humana e regional. A ferramenta pode ser utilizada em casa, para revisão do aluno, ou nas salas de aula, com o monitoramento do professor, constituindo-se como um recurso didático auxiliar. O protótipo apresenta módulos de História e Geografia e Cultura do Amazonas.

        A Fapeam vai apresentar um dos projetos fomentados pela instituição que trabalha com a reutilização de resíduos. O projeto “Papel de guaraná” é desenvolvido pela Refiam, empresa semi-industrial especializada em reciclagem de papel e fabricação de mantas de fibras vegetais geradas por meio de pesquisas de transformação de resíduos orgânicos em fibras.

        A UEA vai apresentar o projeto “Ambulatório Virtual Mobile”, na área de telemedicina. Mediante o acesso a esses dispositivos, médicos e especialistas avaliam e visualizam, resumidamente, os casos em seu celular, antes de acessarem o site para realizar a consultoria. Por meio do projeto, os profissionais de saúde poderão ver a descrição dos casos e oferecer uma resposta rápida aos pacientes.

       Desenvolvido com o apoio da Fapeam, a Seduc vai apresentar o projeto de pesquisa "Preparação do café do coco do tucumã e extração do óleo do tucumã“, desenvolvido no município de Tefé.

       Já o Cetam estará presente com o projeto que visa à oferta de cursos de Marchetaria Artística e de Entalhe em madeira para detentos do sistema prisional. Após a qualificação, os detentos passam a fabricar produtos e as famílias vendem para ajudar nas despesas domésticas.

Incentivo a pesquisadores amazonenses
       Recentemente, houve a aprovação de projetos submetidos ao Programa de Apoio à Participação em Eventos Científicos e Tecnológicos (Pape). Das 140 propostas aprovadas no edital disponibilizado pela Fapeam, 42 serão apresentadas  durante a 64ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira.

       Desse total, 23 pesquisas foram desenvolvidas em unidades de instituições de ensino e pesquisa instaladas no interior do Estado, mais especificamente nos municípios de Parintins, Coari e Tefé.

Sobre a SBPC
        Realizada desde 1948, com a participação de autoridades, gestores do sistema nacional de ciência e tecnologia (C&T) e representantes de sociedades científicas, a SBPC é um importante meio de difusão dos avanços da ciência nas diversas áreas do conhecimento e um fórum de debates de políticas públicas em CT&I.

        A programação científica é composta por conferências, simpósios, mesas-redondas, encontros, sessões especiais, minicursos e sessões de pôsteres para apresentação de trabalhos científicos. Também são realizados diversos eventos paralelos, como a SBPC Jovem (programação voltada para estudantes do ensino básico), a ExpoT&C  (mostra de ciência e tecnologia) e a SBPC Cultural (atividades artísticas regionais).

Ciência em Pauta/SECTI-AM, por Anália Barbosa

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são Moderados: