Archipo.Wilson. Tecnologia do Blogger.

sábado, fevereiro 23, 2008

Dicas para a compra do primeiro notebook

E ai moçada Coariense.
Eu sempre ajudo alguns amigos a escolherem computadores e agora com a queda dos preços dos equipamentos, todo mundo quer comprar um notebook.

Realmente ter um notebook é uma mão na roda, mas qual é a real necessidade de se adquirir um equipamento destes? Vejo pessoas comprarem notebooks para só acessarem besteiras na internet e tenho amigos engenheiros e projetistas que ainda estão presos aos computadores de mesa, por isso, não entrarei no mérito da questão.

Vamos levantar alguns pontos importantes para se escolher um bom notebook:

Memória
Para a escolha da memória, devemos levar em consideração as tarefas que o bichinho irá realizar. Hoje em dia quase todos os notes novos vêm equipados com o Windows Vista e para tal, 1 Gb de memória é mais do que necessário para que ele seja executado de maneira satisfatória. Por isso eu não recomendo um notebook com menos de 1GB, mesmo para quem não irá usar o Vista ou para quem quer apenas usá-lo para editar textos no Word. O ideal para se rodar um sistema de modo rápido e se alcançar um bom desempenho em algumas atividades como jogos e programas de manipulação de imagens, é ter 2 GB ou mais de memória. Não esqueça de conferir como as memórias estão alocadas dentro do equipamento (2 x 512mb, 1 x 1GB ou 2 x 1GB). O ideal é que sempre haja espaços vagos para novas memórias que futuramente podem ser acrescentadas.

Processador
O note é um equipamento pequeno, mas que será exigido como um computador comum na hora do uso, por isso, não poupe investimentos na hora de escolher o processador. O recomendado é escolher um das novas gerações Intel ou AMD. Eles são indicados devido à sua capacidade de processamento, economia de energia e baixo aquecimento, deste modo há uma maior duração da bateria e um maior desempenho.

Em se tratando de Intel, eu recomendaria o uso do processador Centrino Duo, que seria a versão Core 2 Duo para notebooks, os processadores chamados somente de Dual Core, também podem ser uma boa opção. Já os processadores Celeron, apesar do seu baixo custo, nunca renderão a performance esperada pelo usuário e a experiência de se ter um notebook pode ser meio decepcionante. Se for comprar um AMD, os processadores Turion 64 X2 são muito bons, os Athlon 64 X2 são de desempenho médio e os Sempron são um desperdício de dinheiro!

Bateria
As baterias são teoricamente um ponto importante na escolha. São recomendadas o uso das novas baterias de lítio, pois estas tem uma vida mais prolongada, além de não necessitarem de nenhum tipo de cuidado mais específico, como cuidados para a bateria não “viciar”. De qualquer forma, na primeira utilização, carregue a bateria por 8 horas seguidas sem utilizar o computador.

Outro ponto que pode ser observado é o número de células que a bateria possui. As baterias de 6 células são as mais comuns e as de 8 ou 12 células proporcionam um maior tempo de carga para o notebook. Existe sempre a possibilidade de ser comprar uma bateria extra para mantê-la como reserva, mas a melhor dica mesmo é sempre manter, quando possível, o notebook conectado a rede elétrica.

Disco Rígido
Quanto mais espaço melhor? Se você utiliza o note para tarefas simples não precisa de um disco grande, mas sempre pinta aqueles filmes enormes ou aquele joguinho comedor de espaço. Para tarefas corriqueiras, prefira discos de até 80GB. Se você é um usuário consumidor de megabytes, prefira os discos de 120GB, 160GB ou 200GB, caso você realmente esteja substituindo de vez o micro de mesa pelo portátil. Lembre-se: todo upgrade de hardware em notebooks é complicado e caro! Por isso, o espaço que parece desnecessário hoje, pode ser precioso amanhã.

CD/DVD
Sem concessões! O notebook grava CDs e DVDs? Jóia! Não? Então, nada feito! Um dia você vai sentir falta deste recurso e vai chorar sobre o gravador derramado. O gravador de CD/DVD veio para substituir o disquete e se tornou um acessório indispensável em qualquer computador, portátil ou não. Alguns modelos já estão vindo com HD DVD e BlueRay, mais esses recursos ainda estão distantes de nossa realidade.

Tela
Em um notebook, o tamanho da tela é inversamente proporcional ao seu valor, ou seja, quanto menor a tela, maior o seu preço. Quem vai substituir o notebook pelo micro de mesa, ou lida com tarefas como editoração e jogos, deve optar por telas maiores, como as de 15.4 ou 17 polegadas. Quem pretende carregá-lo com muita frequência ou precisa de mais espaço na mala, uma boa opção são as telas de 14 ou 13 polegadas.

Prefira sempre as telas anti-reflexivas. Uma dica estética de um amigo que vende notebooks: para mulheres, telas de até 14 polegadas e para os homens, telas de no mínimo 15.4 polegadas, concorda? Quanto maior a tela, obviamente, maior e mais pesado o notebook na hora de carregar.

Placa Gráfica
A placa gráfica pode influenciar muito no preço final do note. Se você usa aplicativos simples, prefira placas mais modestas, com memória compartilhada. A Intel disponibiliza boas opções de placas de até 256MB, baratas e boas para jogos mais simples.

Se você tem o bolso preparado e gosta de jogos, prefira placas gráficas nVidia (no mínimo GeForce 8400) ou ATI (no mínimo X2300) com pelo menos 128 MB de memória dedicada.

Ligações Externas
Atualmente, boa parte dos periféricos de um micro usam USB. Lembre-se de checar quantas entradas USB o notebook possui (no mínimo 3 entradas) para ligar impressora, joystick, mouse extra, leitor de mp3, câmera fotográfica, etc.

Verifique sempre a existência da placa de rede (entrada RJ45) e se necessário a presença de um modem, caso você queira surfar pelas discadas da vida. Outros componentes interessantes seriam um leitor de cartões (que pode dispensar o uso do USB para máquinas fotográficas), uma porta Firewire (não é fundamental, mas também não faz mal nenhum se tiver alguma) e a ligação Bluetooth, para a troca de arquivos com celulares e outros notebooks. A ligação sem fios Wireless (Wi-Fi) padrões mínimos B e G, é indispensável.

Marca
Prefira os portáteis de marcas que possuem maior tradição na fabricação deste tipo de equipamento, como HP, Acer, Toshiba, Dell e Sony. São marcas consolidadas, consumidas no mundo todo. Por mais intenso que seja o trabalho de aprimoramento de seus produtos, marcas como Positivo e CCE ainda não fazem parte do meu grupo de escolhas na hora de comprar um notebook novo.

Futuro
Steve Jobs, dono da Apple, anunciou esta semana o Mac Book Air, o mais fino notebook do mundo, que ele fez questão de tirar de dentro de um envelope ofício para reforçar suas proporções.


O novo notebook vem com processador Core 2 Duo (1.6GHz ou 1.8GHz, no modelo mais caro), HD de 80 GBytes e 2 GBytes de memória RAM. Sua bateria tem média de 5 horas de vida. O preço para a configuração mais simples é de US$ 1.799. A mais cara sai por US$ 3.098. E ai, que tal começar por um destes?

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são Moderados: