Archipo.Wilson. Tecnologia do Blogger.

domingo, setembro 14, 2008

AM arrecada R$ 73 milhões com Urucu

A riqueza gerada pela exploração do petróleo nos campos de Urucu, em Coari (600 quilômetros de Manaus) cresceu 22,8% a arrecadação dos cofres públicos do Amazonas este ano e somam R$ 73,3 milhões. O montante equivale a 61,8% dos R$ 118 milhões obtidos em todo o ano passado.


O balanço divulgado a cada dois meses pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) mostra que o aumento da produção consolidada até o primeiro semestre tem se refletido fortemente na arrecadação.

O Amazonas é o terceiro maior produtor de barris de petróleo equivalente (boe) - que reúne a produção de petróleo e gás natural - do País, segundo o balanço de julho da Petrobras, com uma grande diferença em relação aos grandes produtores da região marítima, na plataforma continental. O Estado somou 109.4 mil boe por dia, superado pelo Espírito Santo 165,2 mil boe diários e pelo Rio de Janeiro com 1,6 milhão de boe por dia. A produção do Amazonas ficou dividida em 50,7 mil barris diário de petróleo e 9,3 mil metros cúbicos de gás natural, em julho.

Quando o gasoduto Coari-Manaus for concluído a Petrobras vai fornecer 5,5 milhões de metros cúbicos por dia de gás natural, conforme o contrato de fornecimento com a Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) e a Manaus Energia. A primeira é a concessionária da distribuição do combustível no Estado e segunda detém a concessão para a geração e distribuição de energia elétrica e a principal consumidora, pois vai substituir o óleo diesel pelo novo combustível 60% mais barato e menos poluente.

Do total arrecadado, cerca de 30% ficam com os estados e outros 30% com municípios. Do restante, a Marinha recebe 15%, o Ministério da Ciência e Tecnologia 12% e o Fundo Especial outros 8%.

Diário do Amazonas - 14/09/2008

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são Moderados: