Archipo.Wilson. Tecnologia do Blogger.

domingo, fevereiro 18, 2007

Denúncias contra Adail dividem Coari


Coari começa a se dividir entre o grupo político que apóia o prefeito Adail Pinheiro e o grupo dos vereadores de oposição, que tentam cassar o mandato dele e o do vice-prefeito Rodrigo Alves da Costa. Nas ruas, as pessoas demonstram sentimento de revolta contra o que eles chamam de “ditadura da administração Adail”, mas quase ninguém fala abertamente sobre o assunto, por medo de perseguição. Na abertura dos trabalhos da Câmara Municipal de Coari, na última quinta-feira, parte da população começou a ensaiar uma manifestação, na galeria, depois dos discursos da oposição. Vaiaram o líder do prefeito, José Henrique (PMDB), e gritaram “mentiroso” quando ele falava dos feitos da administração Adail.

O que pode acontecer ninguém é capaz de prever, a julgar pelos fatos políticos recentes em Coari. O mais curioso é que os seis vereadores que formam a oposição estavam no grupo de Adail até o final do ano passado. O líder da revolta parlamentar, o vereador José Wilson Cavalcante (PTB), foi secretário de recursos minerais no primeiro mandato e tinha a promessa de ser o presidente da Câmara indicado pelo prefeito, mas se sentiu traído após o processo eleitoral do ano passado.

A cisão entre Wilson Cavalcante e Adail Pinheiro ocorreu em função das eleições de 2006. O vereador candidatou-se a deputado estadual pelo PV, apoiado pelo ex-prefeito de Manacapuru e agora deputado Ângelus Figueira, desafeto de Adail. Como tentativa de enfraquecer a candidatura de Figueira, Adail propôs a Cavalcante que desistisse da candidatura em troca da indicação à presidência da Mesa da Câmara. Aceita a proposta, ele desistiu da eleição, mas não evitou a vitória de Figueira.



Mudança

Em dezembro do ano passado, Wilson foi surpreendido com a indicação de José Henrique (PMDB) para a presidência. Adail assumiu a preferência pelo compadre Henrique (Ele é padrinho de um filho de Henrique).

Cavalcante entendeu a estratégia do prefeito como uma forma de enfraquecer o grupo político liderado por ele (a oposição). Os cinco vereadores que hoje formam a oposição com o presidente da Câmara já vinham dando sinais de deixar o grupo do prefeito. Como o prefeito anunciou José Henrique para a Câmara, eles aceitaram a liderança de Cavalcante e ganharam a Mesa Diretora. Agora, o presidente da Casa fala em combater a corrupção do prefeito. “São muitas denúncias contra o prefeito e vamos apurar tudo, porque o povo quer que tudo seja esclarecido”, disse.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são Moderados: