Archipo.Wilson. Tecnologia do Blogger.

quarta-feira, junho 20, 2012

Adail Pinheiro - O Nosso Al Caphone



Adail Pinheiro preparava o seu retorno à Prefeitura de Coari e foi incluido entre os fichas sujas que serão impedidos de participar do processo eleitoral deste ano. Menos mal. O crime atribuido a Adail e outros gestores de nomes bem conhecidos, como Francisco Dissica Tomaz Valério e José Maria Muniz, não lhes dá espaço para  tentar recurso com chances de êxito no judiciário. Fizeram mau uso do dinheiro público,  tiveram as contas  rejeitadas "por irregularidade insanável e decisão irrecorrível".

CAPONE
O caso de  Adail  - ele venceu o desafio de uma CPI da pedofilia, prisões temporárias e uma operação da Policia Federal que encontrou malas de dinheiro   supostamente  desviados da prefeitura de Coari - é ilustrativo. Protegido por amigos poderosos e um sistema corrupto,  surfava em pesquisas que em tese lhe garantiriam o retorno ao comando do Município, mas agora acabou  barrado exatamente pelo mesmo mecanismo que nos anos  1930 tirou Al Capone  do negócio do contrabando, venda de bebidas e outras atividades ilegais durante a Lei Seca  nos Eua.  Lá o Imposto de Renda pegou Al Capone. Aqui Adail foi barrado pelo Tribunal de Contas da União. Lá, Al Capone foi preso, aqui  Adail pode ainda  perder a proteção dos amigos e voltar para a prisão.


0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são Moderados: